Pilates

O Pilates é um método de exercício físico, criado por Joseph Pilates, que visa trabalhar a conexção entre o corpo e a mente, através de movimentos de força, flexibilidade e equilíbrio. 

 

Ele trabalha vários grupos musculares ao mesmo tempo, através de movimentos suaves e contínuos, com ênfase na concentração, no fortalecimento e na estabilização dos músculos centrais do corpo (abdômen, coluna e pelve).

 

O Pilates mistura um treino de força e flexibilidade que ajuda a melhorar a postura, alongar e tonificar os músculos sem exageros. Os exercícios focam na qualidade dos movimentos, ao invés da quantidade, deixando o praticante revigorado após a prática. Todo o método está baseado em seis princípios que pretendem devolver ao homem uma movimentação mais espontânea e consciente: o centro de força (core), a concentração, o controle, a fluidez de movimento, a precisão e a respiração.

 

A técnica prioriza o equilíbrio, assim nenhum grupo muscular fica sobrecarregado e o corpo trabalha de forma mais eficiente qualquer movimento, desde atividades do dia a dia até a prática esportiva. Os exercícios de Pilates podem ser feitos no solo, com o auxílio de acessórios, ou em equipamentos, como o “Reformer”, o “Cadillac” e a “Chair”.

 

“Seu corpo é seu maior bem, ele guarda e reflete sua alma. Cuide dele como se fosse uma pedra preciosa e nós o lapidaremos.”

Joseph Pilates

Já dizia Joseph Pilates:

 

 

Se aos 30 anos você está sem flexibilidade e fora de forma, você é um velho. Se aos 60 anos você é flexível e forte, você é um jovem’’.

Pilates na Gestação

 

Aqui, as mamães grávidas também são bem vindas! Buscamos o bem-estar e a saúde das gestantes, bem como, tornar o momento da gestação prazeroso e sem dores.  Por ser um método de exercícios de baixo impacto, o Pilates não provoca sobrecargas nas articulações das gestantes. Além disso, o Pilates possui alguns princípios que trazem muitos benefícios, como aumento da flexibilidade, fortalecimento muscular, consciência corporal, relaxamento e uma respiração mais adequada. O trabalho integrado de todos os princípios favorece o bom desenvolvimento da gestação, prevenindo dores e desconfortos e auxiliando no trabalho de parto.

 

Costumamos dizer que a “alma do método” é a centralização, onde os músculos do “core” e assoalho pélvico são sempre recrutados, garantindo o fortalecimento. Para a gestante isso faz toda a diferença, pois são músculos que irão sustentar melhor a coluna, já que o centro de gravidade se altera totalmente com o aumento da lordose lombar, minimizando as dores lombares comuns na gestação. O Pilates também vai evitar a incontinência urinária com o fortalecimento do períneo, e ajudar no trabalho de parto e na recuperação

Benefícios do Pilates e suas vertentes

 

  • Alonga, tonifica e define a musculatura sem exageros;

  • Melhora a postura;

  • Tonifica a musculatura profunda do abdômen;

  • Trabalha a percepção do corpo e da mente;

  • Previne e recupera lesões;

  • Reduz o “stress” e alivia as tensões;

  • Deixa sua coluna mais forte e flexível;

  • Melhora a área de movimento das articulações;

  • Melhora a circulação sanguínea;

  • Aumenta a coordenação e o equilíbrio;

  • Corrige sobrecargas e alinha os músculos;

  • Melhora a mobilidade e a agilidade;

  • Complementa o seu treino esportivo;

  • Melhora o visual de seu corpo e a sua auto-estima.